Beleza roubada

0
383 views

Como as belezas são roubadas?

Assim como os crimes começam aos poucos, o roubo da beleza também se inicia com o furto e acaba se transformando em “beleza roubada” e ás vezes em latrocínio da beleza.

A diferença é que nessas situações onde o que é roubado é a beleza a vitima está em comum acordo com seu algoz, o marketing sem escrúpulos seja na TV, no rádio, na web, nos outdoors, nas ruas… , não por consentimento deliberado, mas por uma lavagem cerebral sistemática que a induz a aceitar os padrões de uma sociedade carente e infeliz.

A não aceitação de si nos leva a uma busca por algo que não existe: o corpo perfeito e a beleza perfeita, o que é belo para um não o é para o outro ,o que te atrai não  necessariamente atrai o outro,podemos ser perfeito em nossa consciência pela pura beleza do corpo humano que  é belo por ser o que é.

O que não nos impede pela nossa insatisfação pessoal ,usar de alguns métodos ainda que invasivos para nos satisfazer e aumentar nossa auto estima ,isso pode ser saudável desde que seja realmente para atender algo nosso e sem exageros ,e não para satisfazer o outro.

“Repetição constante leva à convicção.” (Robert Collier)

Não posso ter por referencia de verdade ou bom, algo que desnutre emocionalmente  e me conduz ao principio da inverdade ,afinal de  onde surge esses padrões de beleza ?

Senão da própria indústria que quer vender o seu peixe.

Podemos ver como eram os padrões de beleza, nas décadas de 30 ,40 ,60 …

Há uma mudança constante até hoje e não vai parar nunca e nem gostaria que isso acontecesse afinal faz parte da evolução humana. O que é efêmero e não fere nosso corpo e nossa mente pode ser bom, pois não nos prende infinitamente a estereótipos fabricados apenas por quem quer ganhar dinheiro.

Além da evolução feminina e dos padrões morais, são épocas em que os olhos se voltam para o físico mais precisamente o físico feminino como um templo a sedução; é nos anos 30 que se começa o culto ao corpo de uma forma mais explicita; corpos magros e bronzeados e um apelo de sedução no ar ( falando-se entre o último e o atual século)

E continua até hoje indo e voltando uma moda eclética e que divide grupos, mas ao mesmo tempo nos une como pessoas que querem se destacar na multidão. Somos assim e é bom olharmos para o outro e vê-lo como alguém diferente de mim e que se destaca em sua forma real, se veste se maquia como quer e se torna belo pelo que é sem necessidade de se mutilar em prol de uma aceitação social.

O contrário daquilo que nos invade e nos torna reféns de uma vaidade mutiladora e sem limites fazendo com que cada dia mais belezas continuem sendo roubadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!