Como Escrever Melhor

0 comm.
Avaliação:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
124 views

Bom dia. Boa tarde. Boa noite. Tudo bem com você?

Bom, hoje eu vou iniciar uma série de textos sobre como escrever melhor. Espero ser útil.como escrever melhor

Introdução

Não sou conhecedor de todas as coisas, mas sei que a escrita requer um exercício diário, não apenas em termos de gramática e ortografia, como também em termos de comunicação. A escrita está em todos os lugares, só aguardando ser lida e assimilada.

E interpretada, algo que… Bom, trata-se de um assunto mais complexo, mas tem início na escrita e na capacidade de quem escreve, se este sabe como expressar sua mensagem com clareza por meio de sua escrita.

Mesmo com o surgimento de diferentes meios de comunicação ao longo das eras, a fala e a escrita se mantiveram como os meios mais essenciais (ainda que não sejam os únicos). Por esse motivo, digo que seria bom e importante exercitá-los.

Muito se fala sobre talento. Em partes há uma verdade aí; mas não basta o talento em si, se este talento não é trabalhado e consideravelmente polido. É como um músculo que pode se atrofiar se não for mantido em movimento.

Somente o talento não é suficiente

Desde cedo, eu tenho feito rabiscos e garranchos que se transformaram numa caligrafia decente. Desde então venho transformando palavras em ideias.

Sempre fui fascinado pela “mágica” de unir cada letrinha, como na sopa, e transformá-las em palavras e ideias registradas que foram trabalhadas juntamente com o processo mental de tornar o pensamento algo coerente (o suficiente, pelo menos).

Pode parecer que tudo isso veio naturalmente, sem esforço, mas todo o caminho entre o processo criativo até a ideia finalizada e registrada exige muito de mim. Não se trata de sentar e escrever por escrever, como se fosse a ação mais simples e automática a ser executada.Sinto cansaço físico e mental ao longo das horas de trabalho, como acontece com os demais.

Há, sim, métodos variados de exercício da escrita, assim como construções particulares de ambientes mais propícios para o ofício. Como, para mim, o que faço é trabalho e não apenas um hobby, devo lembrar a mim mesmo que, apesar de ter meu próprio estilo, ainda tenho referências anteriores de conhecimentos adquiridos que não vieram de mim.

As experiências pessoais, assim como as experiências observadas, as leituras, os conhecimentos gramaticais e ortográficos, o próprio exercício diário de escrita, entre outros fatores… Tudo isto agrega conhecimento e nos capacita.

A escrita não vem somente de dentro para fora, mas também vem de fora para dentro, quando assimilamos com a devida ponderação cada informação recebida.

É um exercício que se enriquece na combinação de diversos fatores e nos enriquece como pessoas, o que, por consequência, nos ajuda quando desejamos expressar ideias.

Lembrando: não sei de todas as coisas. Eu ainda estou aprendendo, assim como você. Mas posso dividir o pouco que sei, se isto puder enriquecer o que você já sabe. Que tal aprender e se beneficiar de dicas que podem ser valiosas?

Gosto de ter a oportunidade de poder dividir conhecimentos. A escrita também pode ter este propósito.

Primeira Dica: Leia. Leia muito

Sim. Para escrever bem você precisa ler. O exercício da escrita vem muito antes da própria escrita. Vem do hábito da leitura.

Não apenas pela questão de saber como escrever, mas também por um senso de observação sobre si mesmo e sobre o mundo fora do que você já conhece, para que saiba que você não sabe de tudo, e que, neste sentido, você não é autossuficiente.

Perdoe-me se isto soar ríspido, mas… Como é que você espera escrever bem sem ler? E mais: como espera ser lido, se não lê o que outros escrevem?

Por favor, entenda. Antes de pensar que estou querendo vomitar regras, permita-me acrescentar isto: não quero dizer que necessariamente você tem a obrigação moral de ler livros, sobretudo calhamaços da era dos papiros, com a finalidade de escrever bem. Seria bom, é verdade, mas não é exatamente o que estou dizendo.

Temos observado uma geração de escritores que não gostam de ler, e isto tem refletido na qualidade do que temos lido ultimamente. Mas isto poderia abrir um debate

mais complexo e que extrapolaria o assunto de hoje, o que não é a minha intenção neste texto.

Ler Para Quê?

A leitura de materiais alheios não apenas nos ajuda gramaticalmente (se o texto em questão estiver bem escrito, é claro), como também nos enriquece em referências adquiridas e em assuntos a serem combinados e acrescentados em nossos próprios textos.

Mesmo quando você acredita ter escrito algo original apenas porque não leu algo semelhante, sinto informar que é bem provável que, em algum momento e em algum lugar, alguém já deve ter registrado ideias parecidas.

Tudo o que escrevemos é uma soma de nossas referências, boas e ruins; a diferença se encontra em nossa capacidade de combinar as referências de uma maneira criativa, inventiva, transformando em algo novo. Evite os plágios, no entanto. Faça algo novo desta soma de referências.

As leituras ajudam no momento de estudar os meios conhecidos de unir forma e conteúdo e de considerar como gostaria e também qual seria o melhor modo de expressar determinadas ideias; ou seja, saber como estruturar uma narrativa ou mensagem ou ainda uma simples informação de uma maneira que prenda a atenção por meio de um texto bem escrito.

Se você deseja escrever melhor, seria bom começar a dar a si uma chance de desafiar a si mesmo com leituras que desafiam seus conhecimentos habituais.

Não quero definir o que você deve ou não ler, mas, que tal procurar e experimentar o máximo possível de fontes variadas, a fim de que sua escrita se enriqueça e você saiba quando e como aplicar os novos conhecimentos adquiridos?

E antes de encerrar, quero deixar uma dica extra: sempre que tiver dúvidas em relação ao significado das palavras e à ortografia, consulte o dicionário. Fará toda a diferença.

Bom, por hoje é só.

Espero ter sido útil.

Até a próxima!

Por favor, avalia este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Discussions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O mais visitado e popular: