Jejum terapêutico

0 comm.
Avaliação:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
2,324 views

Para quais doenças a medicina recomenda o jejum

Não é recomendado durante o jejum, Tratamentos médicos e o jejum, É possível se acidentar com o jejumVamos considerar o ponto de vista da medicina oficial, na Rússia já é oficialmente autorizado o uso do jejum para tratamentos médicos. Um modo revolucionário e uma maneira bastante eficiente de tratamento a “terapia do jejum.” Para não dizer que é auto medicação, hoje já lemos em manuais de medicina oficial, quais são as indicações para o jejum.

O jejum é recomendado para:

  • Hipertensos grau da doença cardíaca I-II
  • Classes funcionaisdoença cardíaca coronária,angina de esforço I,II e III
  • Bronquiteobstrutiva crônica
  • Asma
  • EstágiopulmonarsarcoidoseI eII
  • Gastritecrônica cominsuficiênciasecretora
  • Colecistitecrônicae pancreatite
  • Discinesiabiliar, síndrome do intestinoirritável;
  • Doenças dagêneseinflamatórias e degenerativasmúsculo-esquelético
  • Anormalidadesneuroendócrinase salpingooforite crônica
  • Próstataadenoma
  • Alimentação-constitucional, a obesidade diencefálica
  • Resistência aos medicamentos
  • Alergias da pele(dermatite alérgicacrónica, dermatiteatópica, psoríase, eczema)
  • Neuroses, depressão, esquizofreniafraca; alergia aalimentos e(ou)medicamentos

Contra-indicações médicaspara o jejum:

As contra-indicações para o jejum também estão incluídas neste manual. Na medicina acredita se que para tais doenças o jejum não é recomendado:

  • Falta de peso corporal (menos de 15% do recomendado)
  • Tumores malignos
  • Tuberculose ativados pulmões eoutros órgãos
  • Bronquiectasia
  • Doençasarterial sistêmica
  • Diabetesmellitustipo I
  • Tireotoxicose
  • Arritmias cardíacas e(ou)  condução  qualquer origem
  • Depois de sofrer um infarto do miocárdio
  • A insuficiência cardíacagrau BII -III
  • Hepatitecrônica ecirrose
  • Insuficiência renalecrônicade qualquer origem
  • Tromboflebite

Não é recomendado durante o jejum:

Existem doenças em que se pode jejuar, mas a medicina não recomenda, ou como é dito na medica dieta-terapêutica. São chamados de contra-indicação relativa:

  • A doença cardíaca coronáriacomarritmias cardíacas einsuficiência cardíacaacima faseII A
  • Hipotonia
  • Colelitíase
  • Urolitíase
  • Úlcera gástrica eduodenal
  • A insuficiência venosa crônica
  • Diabetes tipoII
  • Gota
  • Estadofebril
  • Gravidez elactação
  • Criançase idosos

Tratamentos médicos e o jejum

Bom como podemos ver a primeira lista já parece bastante inspiradora, muitas pessoas sofrem com essas doenças por anos e tentam tratá-las com remédio mas muitas das vezes sem sucesso. Mas como agora a medicina reconheceu o tratamento dessas doenças com  o jejum e podemos tratá-las de modo mais seguro com acompanhamento especializado. Essas doenças ficam ainda mais fáceis de curar, da primeira ou segunda vez e a porcentagem de cura no primeiro jejum é maior do que 50%.

Neste manual da possui uma tabela, que mostra em % a cura dessas doenças, com anotações de registro das complicações que foram encontradas. E podemos concluir que a primeira lista de doenças teve um tratamento eficaz com o jejum e sem complicações, o que já é muito bom. E quando pensarmos nas contra-indicações não devemos ter tanto medo pois estaremos sob supervisão de um profissional.

As estatísticas de mortalidade em clinicas de jejum é muito baixa, cerca de  1 a cada 10-15 anos, mas nos hospitais com tratamentos comuns vemos que esses números são bem maiores.

É possível se acidentar com o jejum

A pratica do jejum deve ser feita com muita cautela para que não aja acidentes, mas com bom senso você pode se livrar de até 95% desses problemas. Sobre como sair do jejum já falamos aqui.

Há muitos desafios, mas podemos tomar algumas atitudes.

Na gravidez não é recomendado fazer o jejum, isso poderia ser feito antes, mas nesse período você deve comer alimentos mais saudáveis possíveis, para também evitar qualquer complicação.

Na verdade também há um método de tratamento usando frutas e legumes frescos, ás vezes é usado isso em vez do jejum, que também pode levar a um efeito semelhante, bem parecido também com o método para sair do jejum. E é utilizado para quase todas as doenças em que o jejum é recomendado.

Podemos ver que comer corretamente vai sempre trazer muitos benefícios para a nossa saúde. E se você já segue uma dieta saudável, então muito provavelmente não vai precisar fazer uma terapia do jejum .

Lei também a continuação deste artigo sobre as estatísticas de recuperação do jejum em hospitais e praticas médicas do jejum.

Desejo paz e muita saúde sempre!

Por favor, avalia este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Discussions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O mais visitado e popular: