Início Portal de formação e autodesenvolvimentoViagemCidades e países → Viagem para Agra na Índia Cidade do Taj Mahal

Viagem para Agra na Índia Cidade do Taj Mahal

0 comm.
Avaliação:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
314 views

Este artigo é a continuação do meu diário de viagem para Índia, se você não leu os dois primeiros eu falei sobre minha experiência em Nova Delhi e como foi a minha primeira viagem de trem na índia na classe SL Agora eu vou falar sobre a minha viagem para Agra, onde esta localizado o tão famoso Taj Mahal.

Taj Mahal

Chegamos em Agra e ao sair da estação de trem achamos bem tranquilo, não tinha aquele caos todo de New Delhi, foi um alívio porque aqui pensamos que poderíamos ficar mais tranquilos.

Fomos andando em direção a cidade e logo um homem do tuc-tuc nos cercou oferecendo seus serviços, ele até que tinha uma boa conversa e nos convenceu ao dizer que nos levaria a um guest house com vista para o Taj Mahal e que não era caro (melhor argumento do que esse acho que não tem). Foi até bom ele ter nos encontrado, porque o caminho da estação de trem até esse guest house era bem longo e com duas mochilas pesadas ia ser muito difícil.

Hotel com vista para o Taj Mahal

O hotel realmente não era ruim, bem melhor do que o de Nova Delhi era grande, só no banheiro a descarga não funcionava mais uma vez, internet também não tinha no quarto, só no hall.

O preço inicial foi 500 rúpias, uma coisa boa é que as pessoas que trabalham no hotel eram bem simpáticas.

Depois de deixar as nossas coisas no quarto a primeira coisa que fomos fazer foi olhar o por do sol do terraço do hotel, que também é um restaurante.

Realmente a vista de lá é muito bonita e o por do sol é lindo, também canta não sei se posso dizer música ou oração, creio que muçulmana nesse horário, você poderão acompanhar pelo vídeo que colocarei no final desse artigo.

Experimentando comida de rua Indiana

Depois fomos andar para conhecer a cidade, mas dessa vez não esquecemos o cartão do hotel, caso não lembrássemos onde é estaríamos a salvo com ele, porque é só perguntar a alguém ou pegar um riquixá que ele nos levaria até lá.

Há uma coisa interessante é que em Agra tem muitos muçulmanos, acredito que mais do que Hinduísta, pode ser devido ao Taj Mahal, acho engraçado esses contrastes da Índia.cidade agra, ruas de agra

Andando pela cidade meu marido viu pessoas vendendo comida na rua e claro que quis experimentar.

Primeiro comemos um arroz frito “very spicy” mas até que estava bom, tinha também cebola pimentão, tirando a pimenta essa receita eu testaria fazer em casa.

Depois fomos comprar frutas em uma mini quitandinha de um senhor muito simpático, gostamos tanto dele que sempre preferíamos ir lá comprar o que precisávamos. E tenho que falar que maçã na Índia é muito cara, assim como a manga, não comemos maçã nem uma vez se quer, manga compramos no final da viagem quando já estava um pouquinho mais barato.

frutas na india

Andando mais um pouco, meu marido novamente avistou uma pessoa vendendo alguma coisa estranha, e adivinhem???? Claro ele quis ver o que é e experimentar ( não que eu ache que experimentar comida seja ruim, eu apesar de ser magrinha amo comer, é que no começo da viagem eu estava bem receosa de comer na rua).

O que comemos foi uma espécie de sorvete caseiro com macarrão, sim com macarrão, nunca pensei em nenhum momento na minha vida comer sorvete com macarrão, mas estamos na Índia e aqui tudo é possível ” incredible India” kkk.

Festa maluca na rua

Quando estávamos voltando começou a vir uns carros com música muito alta, pessoas dançando, cavalo com um homem vestido de branco em cima, tudo muito estranho, mas muito legal e interessante. Depois nem conseguimos andar muito e novamente veio um carro com música muito alta e pessoas dançando, só não tinha o cavalo kkk. Resolvemos sair bem rápido dali antes que viesse mais um e não conseguiríamos voltar para o nosso quarto.

Comemos também em restaurante vegetariano, comida boa e barata, claro que apimentada, mas lá quase não existe nada que não seja, também mostro no vídeo o que comemos e o preço.

comida indiana

Ao voltar para o Hotel vimos que não tinha internet, falamos para a pessoa que trabalha lá e ela disse que nesse horário quase todos os lugares não tem internet e que era comum, mas vimos que isso não é verdade já que fomos no restaurante e lá tinha internet. Usamos esse argumento para abaixar o valor do quarto e conseguimos, em vez de pagar 500 rúpias, pagamos 450, todo desconto para nós é valido, já que estávamos fazendo uma viagem econômica e queríamos guardar dinheiro porque teríamos mais 3 meses pela frente.

Esse artigo fica por aqui, espero que tenham gostado, deixe um comentário nesse texto e avalie também. Um grande abraço e até o próximo.

Obs.: O nome do hotel onde nos hospedamos é Shanti Lodge, para quem for para Agra e quiser se hospedar nele também.

 

Por favor, avalia este artigo:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
Discussions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O mais visitado e popular: