Tenha um Blog

0
732 views

como ter um blog, blog profissional, escrever em um blog

Há algum tempo atrás eu e mais alguns alunos da Universidade São Judas, localizada em São Paulo – capital, participamos da gravação do programa “Antenados” feita pela equipe da TV São Judas, que vai ao ar pelo Canal Universitário (CNU). O tema da nossa conversa foi “sucessos da internet” e acabamos falando bastante sobre os perigos e as vantagens de ter uma página aqui neste mundão cheios de blogs, vlogs, canais e etc.

Eu sempre gostei muito de escrever, mas sempre rola uma certa vergonha de mostrar para todo mundo o que a gente sente, pensa e, cá entre nós, nem sempre é fácil assumir uma posição ou defender uma opinião. Eu esperei até o 4º ano da faculdade. E me arrependi… Isso quer dizer: se você aí do outro lado da telinha gosta de escrever, faça!

Descobri que, muito ou pouco, mal ou bem, sempre vai ter alguém que gosta de ler as suas palavras. E as críticas são MUITO construtivas… Sejam sobre imagens, temas, inseguranças, e etc. Com certeza é um passo importante que, internamente, significa muita coisa. Quando a gente tem um blog e fala “eu tenho um blog” não é só uma frase, uma afirmação, a indicação de possuir. “Ter” “um” “blog” passa a ter peso. Até mesmo no currículo!

Que raios o meu blog interfere na vida profissional?

E é aí que começamos a falar sobre o mundo profissional. Colocar no ar uma página que carregue seus ideais, acaba sendo uma representação do que você tem como habilidade. Ou seja, talvez ela seja uma porta para que novas pessoas conheçam o seu trabalho, entendam um pouquinho do que você é e até mesmo tracem um perfil que possa te encaixar numa vaga.

De lá para cá, em toda indicação, o endereço do meu blog vai junto. Talvez as pessoas não gostem do que eu escrevo, mas, tem quem goste. Isso é experiência. Afinal, nem sempre ouvimos o que queremos. E cabe a nós, seres humanos passíveis de erros, aceitar a crítica fazer um esforço para ser melhor. Desse jeitinho, a gente começa a trilhar na direção certa. É o velho clichê “tenha uma meta e faça planos, arquitete os passos para alcançá-la”.

Foi nesse turbilhão de www que muita gente começou. E, às vezes, o que começa apenas como uma chance para aprender, acaba se tornando sua profissão e a principal porta de entrada para o sucesso. Também tem quem se realize por aqui, no mundo virtual. O século XXI é cheio disso: cada vez mais gente trabalhando por aqui e, o mais importante, cada vez mais empresas solicitando pessoas que gostem e não se importem d trabalhar com isso.

Ter um blog é uma experiencia enriquecedora

Mas, já que essa aba aí no seu navegador acaba falando por você, fique atento! A gente acaba se sentindo (mais ainda) responsável pelo o que diz. Por isso, cuidado com as palavras, generalizações e posições. A internet é um espaço democrático e muita gente diferente tem acesso a ela. Então, é sempre muito importante ter atenção para não ofender nenhum grupo social, gosto, opção sexual, religião e todas estas outras “instituições” que acabam diferenciando a gente.

A experiência é enriquecedora! E receber um comentário com elogios é enlouquecedor. Mesmo que seja da sua mãe. Mas, vá com calma, comece devagarinho, sem muita ambição, tipo: quero ficar rico e fazer intercâmbio tendo um blog. Encare isso como um passo e aprendizado pessoal. O que tiver de ser, vai ser. E uma dica muito, muito, muito, válida: explore suas qualidades e faça bom uso delas quando escrever. Isso vai dar cara e personalidade para o seu texto. Enfim, a gente sente que pode sim conquistar alguns leitores, aprender sempre mais e o principal: ser a gente mesmo.

Por isso, sim: tenha um blog! Por isso, sim, mais do que isso: mostre quem você é!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!